“O diabo tem usado ideologias para desviar as pessoas da verdade de Deus”, diz pastor

  • 26/06/2020

“O diabo tem usado ideologias para desviar as pessoas da verdade de Deus”, diz pastor

Por trás das crises econômicas, sociais e morais, há uma “guerra ideológica”, segundo o pastor Joel Engel. Para entender a origem deste conceito, ele aponta para o que a Bíblia diz sobre o princípio de todas as coisas.

“No jardim do Éden, havia apenas a palavra de Deus, sem nenhuma outra ideologia. Adão e Eva eram completos, saudáveis e tinham à sua disposição todos os recursos. Até que chegou a serpente, difamando a Deus”, observa Engel em entrevista ao Guiame.

“Pelas leis espirituais, você obedece a quem você serve. Tudo o que os comunistas pregam hoje estava inserido nas palavras da serpente, ou seja, o comunismo é anti-Deus. A serpente não distorceu todos os mandamentos, mas um só: ela fez com que o homem duvidasse de Deus”, acrescenta.

O pastor diz que o comunismo destrói o homem em quatro níveis: “Fisicamente, o homem adoece; emocionalmente, o homem entristece; economicamente, o homem está aprisionado e espiritualmente, o homem está fora da presença de Deus”.

Engel explica que o comunismo prega uma mensagem de igualdade social, mas instala o caos para se estabelecer. “Essa ideologia vem com aparência de bondade, mas quando se estabelece por completo, as pessoas percebem o que há por trás daquilo”.

“Os cristãos aceitam o comunismo e suas filosofias assim como Eva aceitou as propostas da serpente. Nenhum comunista chega avisando que pretende fechar as igrejas. Mas quando uma nação é tomada, assim como aconteceu na Venezuela, os crentes percebem que caíram numa armadilha”, continua.

Engel compara o momento atual com o tempo do profeta Elias. “Nos dias de Elias, os cultos a Baal eram compostos por orgias sexuais e matanças de crianças. Podemos fazer uma comparação com a ideologia comunista, que distorce a sexualidade, defende o aborto e o limita o culto a Deus”, observa.

Para o pastor, a única forma de blindar as famílias das ideologias do mundo é se aprofundando na palavra de Deus. “Desde o Éden, o inimigo tenta distorcer o que foi dito por Deus. A Bíblia diz que Deus nos conhecia antes de sermos formados no ventre, mas vemos o aborto sendo defendido. A Bíblia diz que Deus criou macho e fêmea, mas vemos a ideologia de gênero sendo fortalecida”, comenta. 

“O ensino da palavra de Deus produz famílias e igrejas fortes. Mas hoje os profetas estão sumindo e os púlpitos estão pregando o que se quer ouvir, não o que se precisa falar”, lamenta.

Engel diz ainda que ideologias como o comunismo “são armadilhas do diabo para fazer com que as pessoas se desviem da verdade” e “para vencer isso é preciso estar cingido com a Palavra de Deus”.

Valores distorcidos

O pós-modernismo trouxe o relativismo para dentro das igrejas, segundo Engel. Desta forma, muitos pecados deixaram de ser vistos como pecado, e valores defendidos pela Bíblia passaram a se adaptar a contextos culturais.

“Principados e potestades atuam para mudar a mentalidade de uma geração inteira. Anos atrás, as pessoas não aceitavam o divórcio. São conceitos que vão chegando devagar, através de novelas e entretenimento”, diz Engel. “Hoje, o prazer do homem passou a estar no centro, e não a verdade de Deus — o que é chamado de hedonismo. Essa relatividade tem destruído uma sociedade inteira”.

O pastor observa que uma das principais atividades do comunismo no Brasil foi a formação marxista de professores nas escolas e universidades. Como resultado, muitos jovens aprenderam a relativizar conceitos  conservadores. 

“Nossa geração de jovens precisa ser ensinada sobre o que aconteceu com as nações que adotaram o comunismo. Minha oração é que eles recebam a unção do Espírito Santo e tenham forças para resistir a essa influência”, afirma.

Mesmo em países dominados pelo comunismo, como a China, muitos cristãos têm resistido e guardado sua fé. “Em lugares onde há perseguição, as pessoas estão na igreja porque amam a palavra de Deus. A verdade não é relativizada e o Evangelho é genuíno”, observa Engel.

“A China é um dos lugares que mais matam cristãos, mas também é o lugar onde a igreja mais cresce. Eles entenderam que sua luta é contra satanás e que há um grande campo de batalha. Nós, brasileiros, vivemos o contrário. Não percebemos essa luta e temos ficado relaxados”, alerta.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/o-diabo-tem-usado-ideologias-para-desviar-pessoas-da-verdade-de-deus-diz-pastor.html

Aplicativos


Locutor no Ar

Radiosky

Bom dia Espirito Santo

06:00 - 12:00

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Gabriela Rocha

Hosana

top2
2. Kamuel

Quietude

top3
3. Isaias Saad e Gariela Rocha

Enche-me

top4
4. Isaías Saad

APOCALIPSE 4

top5
5. Judson de Oliveira

Terra Seca

Anunciantes